25 de abr de 2014

Métodos para Leitura das Cartas Ciganas

Dando início a uma série de "Métodos para Leitura das Cartas Ciganas", inicio com uma forma que adaptei para uma Mesa Real, por isso a chamo de Mesa real "alternativa".

Outros métodos de leitura você encontra clicando AQUI.

MESA REAL (GRAND TABLEAU) "ALTERNATIVA"

A Mesa Real ou Grand Tableau como também é conhecida é uma técnica de tiragem das cartas na qual teremos a visualização geral de vários aspectos que envolvem nosso consulente. Então, apenas nesta abertura podemos ter várias horas de conversa e explanações em frente ao consulente, já que teremos as 36 cartas abertas na mesa. Aí começa a análise dos quadrantes, cruzamentos, passado, presente, futuro (próximo e distante), enfim, uma análise que gera uma ótima conversa sobre o consulente. Pois bem, assim como utilizo formas tradicionais de tiragem (Peladan, 3x3, Método Eficaz, 3 cartas e a Mesa Real  tradicional) também utilizo formas criadas de acordo com as necessidades do jogo e que acabam surtindo um excelente resultado (e certeiro!!!).

Acredito que o profissional sempre deverá utilizar aquela técnica de abertura que será mais adequada ao questionamento podendo adequá-la também de acordo com suas necessidades e “intuição”. Dará certo a técnica inventada??? Dará, desde que no momento do corte das cartas e de sua abertura você tenha estabelecido o questionamento correto para o baralho (questões claras!!) e o que cada carta, quadrante, linha ou coluna significará a você. Portanto, seja claro e objetivo com seu baralho que ele “conversará” com você da mesma forma.

O que vem a ser esta Mesa Real “alternativa”??? Gosto de utilizá-la quando o consulente não dispõe de muito tempo para a consulta (mais de uma hora), assim nossas respostas já iniciam por uma caminho mais delineado. Peço ao consulente que embaralhe as cartas (após eu embaralhar), realize o corte com 3 montes de sua esquerda para a direita assim como um jogo normal da Mesa Real.

Ao abrir as cartas já estabeleço o que significará cada linha e colunas, inicialmente. Então teremos um jogo aberto de 6 linhas com 6 colunas. Está aberta nossa Mesa Real “alternativa”.


Na imagem acima esquematizei as cartas conforme a abertura na mesa para que possam acompanhar melhor o esquema do jogo. Ao abrir as cartas segue-se a sequencia por linhas, então as cartas da tiragem de 1 a 6 ficarão na primeira linha, 7 a 12 na segunda, assim por diante até posicionarmos nossa última carta "36".

Sempre inicio a leitura olhando em qual posição está nosso consulente, no esquema acima ele está posicionado no PRESENTE da linha SAÚDE. Isso já indica de que algo importante ao meu consulente está no campo da saúde, então, vale a pena analisarmos de uma forma mais apurada. Conforme o esquema acima já ficam estabelecidos os tempos PASSADO - PRESENTE - FUTURO e as respostas para as questões ESPIRITUAIS - PENSAMENTOS - AMOR - SAÚDE - TRABALHO - DINHEIRO.

Assim a leitura poderá ficar mais prática e organizada. Porém, como sou um pouco rebelde...escapo até mesmo dos métodos que crio e nunca deixo de dar uma beliscada em algum quadrante que me chame mais atenção, um cruzamento, quais cartas poderão cercar o consulente.....enfim....aqueles pitacos que vem no ouvido ou aquilo que "puxa" nossos olhos.

Experimente, invente, altere, adapte, faça do seu jeito e terá as respostas tão claras quanto em métodos tradicionais. Mas lembre-se: concentração no jogo (consultor e consulente), perguntas claras e objetivas, pré-estabeleça o que cada carta em sua posição representará e aproveite de muita intuição.

Beijos no coração e que Santa Sara ilumine os nossos olhos e nossos caminhos!!!

Dênis Maapelli

16 de abr de 2014

Semana da Páscoa

Bom dia!!!

Todos os dias queremos algo novo ou partimos para a conquista daquele objetivo que planejamos, e ao chegarmos no final do dia nos damos por satisfeitos e contentes (vitoriosos) por ter alcançado algo.

No entanto esta busca pela conquista as vezes perde ou deixa para tras a essência da benevolência entre os homens, a caridade, solidariedade e tolerância. A busca e conquista do "material" é algo que incomoda o ser principalmente quando ele pertence a uma sociedade onde o TER é mais valioso que o SER.

Então, que tal iniciarmos uma cura de nossos sentimentos e do nosso coração? Siga esta receita:

"Acalme as manifestações de seu ego, suprima as condições de desarmonia, mantenha atitudes equilibradas e adquira o controle do processo de respiração.
Exerça a compaixão, tenha constante abertura para a vida, expresse seus sentimentos positivamente, manifeste ternura, ligue-se ao amor Divino quando não sentir amor nos homens, tenha paciência e seja tolerante, exercite o desapego, busque a integração e o encontro com semelhantes.
mantenha relações humanas corretas, procure sempre fontes de inspiração superiores (arte e leituras). Quer o conforto e a cura mais rápida? Demonstre e exerça o seu amor."

Com a chegada da páscoa alimentamos a chama do renascimento, que tal refletirmos como está nosso ego e nosso interior?

Resignificar, enterrar o passado, perdoar e encontrar o tesouro que está latente no nosso interior. Descubra e abra o tesouro que está presente em seu coração.

E de lambuja ... o material se concretizará!!!

Sinta seu coração abraçado!!!

Dênis Maapelli

Créditos da receita: O Pai-Nosso e os Chakras.Celina Fioravante - Ed. Pensamento.

11 de abr de 2014

A ESTRELA

A estrela em nossa vida!

Estrela que brilha, estrela cadente, estrela que indica, estrela que ilumina. Cada um de nós percebe a estrela de forma única, uns dão a ela apenas um significado de corpo celeste, outros chegam a estabelecer uma ligação tão forte com as estrelas que elas acabam sendo fundamentais em sua vida. 

Isso acontecia muito quando os antigos viajantes e muito antes das ferramentas tecnológicas disponibilizadas hoje para navegação, utilizavam as estrelas como seu mapa orientador, era através das estrelas que grandes navegadores e desbravadores cruzavam os mares de um continente a outro. O mapa ou o caminho, não estava em um papel a sua frente, estava lá no céu, acima do nosso consciente. Entendo que esta orientação que as estrelas davam aos desbravadores dos mares não ficou enterrada e perdida com o passar dos séculos, afinal, numa situação de angustia, medo ou indecisão você nunca parou por um momento olhando para o céu, encontrando aquela estrela mais cintilante e entregando a ela a sua aflição? Ou pedindo orientação? Admirando o céu estrelado e entregando para uma estrela o seu caminho? Então, qual é realmente o papel e o significado da estrela em nossa vida?

Quando a estrela surge num jogo, considero como sendo algo iluminado, podendo ser o caminho traçado pelo consulente, as atitudes, os relacionamentos, enfim, significa que estamos num caminho correto, para o bem, e sendo assim as “forças” lá de cima iluminam, celebram com alegria estas nossas escolhas e por que não dizer que nos protegem? 

Também pode indicar uma saída, um caminho assim como a estrela de Belém indicou aos reis magos o local onde havia nascido Jesus, e eles, desbravaram os caminhos guiados pelo seu brilho cintilante. Assim podemos identificar também como sendo uma forma de ouvirmos nossa intuição, aquela voz que as vezes nos indica qual o melhor caminho ou melhor saída para uma situação. Num exemplo mais lúdico podemos imaginar uma noite com nuvens no céu, indicando chuva ou um tempo mais encoberto e fechado. Vem a chuva, passa o vento que carrega consigo este momento instável e logo cintilam no céu novamente as estrelas. Acredite, elas nunca sairão de lá, mesmo na pior tempestade que esteja acontecendo em terra as estrelas seguem a brilhar no céu. Então, porque não acreditar na orientação, proteção e iluminação da estrela?

A estrela sempre brilha e é através deste seu brilho que conseguimos avista-la. E a estrelas estão lá brilhando para todos, de ninguém foi tirado esse direito, basta o sujeito fazer por merecer este brilho. Aquele ator ou pessoa ilustre que acaba tendo o reconhecimento acaba se tornando uma “estrela” e tem por direito a utilização deste símbolo na porta de seu camarim, por exemplo. Este “ilustre” acabou sendo reconhecido, sua estrela brilho, basta mantê-la acessa, brilhante, senão acabará como uma estrela cadente, brilhou por um tempo e suas fagulhas foram percebidas se perdendo na escuridão.

Novamente: todos nós temos a nossa estrela, as vezes brilhante, outras vezes encoberta por nuvens, pouco brilhosa e para alguns arde como fogo. Busque sua estrela, encontre na sua prece, no seu caminho, na bondade de seus atos, na fraternidade e solidariedade com o próximo, fomente o amor. Tenha certeza que olhara para o céu e poderá perceber não somente a sua estrela brilhando mais forte, mas um mar de estrelas protegendo suas escolhas, iluminando o seu caminho. Em consequência disso o sucesso chegará a você. Utilize sua criatividade, as vezes as estrelas trazem um saudosismo muito grande o qual acaba nos deixando um pouco preso ao passado, mas lembre sempre: a estrela brilha para o futuro, não adianta a estrela brilhar ou iluminar o nosso passado. Todos nós queremos seu brilho hoje, agora, amanhã e sempre.

Portanto, deixe sua estrela brilhar. E comece a entender porque milhares delas ficam TODAS as noites velando nosso sono.

“Na dúvida, vá para a rua, olhe para o céu e escolha uma estrela para admirar, converse com ela caso sintas necessidade. Em recompensa, ela te indicará a escolha mais correta. E não esqueça que ela seguirá contigo, iluminando o céu caminho!”

Abraço no coração!


Dênis Maapelli