10 de jun de 2014

Uma imagem fala tudo

Ao olhar esta imagem hoje pela manhã logo ela acabou chamando minha atenção. Não apenas pela frase que carrega no seu corpo, mas pelo simbolismo empregado nesta simples pintura. Vale a pena conferir todas as imagens que constam na Comunidade do Cantinho dos Mimos e se deliciar com o simbolismo não apenas nas frases, mas no recado que a imagem está estampando.

Tomei a liberdade de escrever algumas linhas remetendo as figuras do baralho Lenormand as quais fazem parte desta obra, que além de sua beleza plástica carrega consigo o recado nas imagens que contemplam a sua frase.

Créditos da imagem: Autorizado por Cantinho dos Mimos - facebook.com/cantinho-dos-mimos

"Convido você para olhar esta montanha (21) e o sol (31) como uma criança (13). Nossa criança acabou de ter o primeiro contato com o mundo, saiu de casa, viu aquele tapete dourado na pastagem e nele entrou. Aí ela para e percebe que além deste tapete dourado, no qual poderia correr a vontade, lá no fundo brotaram as árvores (5) no pé das montanhas, o sol brilha no céu e algumas fumaças de nuvens (6) ainda tentam pintar o laranja do sol incandescente. Mas o que mais chamou a sua atenção foram os pássaros (12) que podem voar por cima das árvores, atravessar muito fácil a montanha e chegar lá pertinho do sol.

Então, tomamos como base a lição da nossa criança. Por muitas vezes ela não sabe entender direito como poderá chegar no sol, isto pode ficar um pouco confuso e trazer uma certa ansiedade, mas ela segue pensando: Como chegar até lá?? O interior da nossa criança deverá ter consigo uma foice (que não está na imagem, mas deve estar sempre a postos para nossas escolhas limpando nosso caminho). De posse da foice ela foi desbravando essa pastagem, abrindo o seu caminho, construindo a sua caminhada, cortando suas mãos porém aprendendo como a caminhada deve ser segura para poder chegar lá nas árvores.

Ela chega e a primeira coisa que faz é sentar na sombra das árvores. Ali ela sente a acolhida que tinha em sua casa, de sua família e acaba notando que não foi fácil a árvore atingir aquele tamanho, ter seus galhos, folhas e frutos. Isso demorou tempo! A criança tem noção do quanto a semente teve de brigar com a terra para que seu broto eclodisse do solo. Porém o desafio era maior, como atravessar a montanha? Não tinha a liberdade dos pássaros e muito menos alguém que pudesse auxilia-la neste ponto. Então ela percebe que somente aqueles pássaros que partiam da árvore mais alta seriam os que atingiriam o voo mais belo rompendo a montanha. Aqui está o seu grande desafio: como podemos atingir o sol, o grande brilho, o sucesso do voo, a liberdade em nossa vida?

Até passa por seu pensamento que poderá subir na árvore e se jogar para ver se consegue voar como o pássaro, porém a dificuldade que ela passou para abrir o seu caminho, a sua trilha no meio do tapete dourado, fez com que ela aprendesse uma lição: nada é tão fácil assim! Para sermos um vencedor é preciso buscar muito, aprender muito, aceitar desafios, aprender com os erros daquelas escolhas não muito bem pensadas e nunca, jamais desistir e muito menos recuar perante os desafios.

O amadurecimento, o conhecimento, a base sólida de uma criação e a humildade em saber reconhecer que ainda sabemos pouco, torna-nos um ser que poderá chegar onde quiser, atingir objetivo que busca, ter a liberdade de escolhas e estampar o brilho do sucesso. E não esqueça, a Fé são as asas que necessitamos para voar sobre a montanha, assim como os pássaros fazem."

Um beijo no coração de todos!!!
Dênis Maapelli